Ao continuar a sua navegação, aceita a utilização de cookies ou das tecnologias semelhantes que usamos, incluindo parceiros terceiros, para uma melhor navegação neste site, a divulgação de publicidade direcionada e conteúdos relevantes ao seu centro de interesses, bem como análises de utilização do site. Para continuar a melhorar a proteção dos seus dados pessoais, atualizamos a nossa política de privacidade Ver mais

Mathilde e Yvan optam por uma sala suplementar… no jardim!

Um abrigo de jardim transforma-se numa sala de jogos

 

Mathilde e Yvan vivem em Cavalaire. Na sua casa, o mezanino sempre serviu de sala pequena. Bem, isso era dantes! Pais de dois rapazes tiveram, desde há alguns anos, que renunciar ao seu canto televisão-biblioteca… Adeus ao sofá, bem-vindos os matraquilhos! Para reencontrar os seus pontos de referência, surgiu-lhes uma ideia: transferir a sala de jogos para fora de casa, para um abrigo de jardim. Os miúdos poderiam receber os seus amigos e divertir-se tranquilamente enquanto a mamã e o papá aproveitariam de um pouco de calma…

 

A escolha do abrigo

Depois de algumas investigações na Internet, Mathilde e Yvan decidiram escolher um abrigo de 7,5 m², uma superfície desde logo interessante para oferecer um espaço agradável às crianças. Que procuravam? Algo de confortável que fosse duradouro. Para Mathilde, era igualmente importante que o abrigo “se confundisse” na natureza para se poder integrar no seu jardim campestre. A escolha recaiu então num modelo de resina imitando o carvalho natural. Tem a estética, o encanto e o calor da madeira sem necessitar de uma manutenção específica. Janelas para deixar entrar a luz, uma fechadura na porta para proteger os brinquedos das crianças… Perfeito, tudo está lá!

 

 

Entrega e instalação do abrigo

É o dia D, o distribuidor chega com o abrigo. Mathilde e Yvan recebem-no e levam-no para o fundo do jardim, para cima da laje de betão que mandaram instalar (é o que exigia o modelo escolhido!). Nada mais resta a fazer do que pôr-se ao trabalho e, por sorte, o programa não trouxe chuva consigo. Primeira etapa: colocar as calhas no chão. Munidos com uma broca, uma chave de parafusos, máscaras e luvas, os dois acólitos até que se saíram bem. Agora é necessário instalar os muros; as lâminas encaixam-se facilmente. Por último, resta posicionar os elementos do teto. Depois de um bom dia de trabalho, o abrigo parece ter nascido no meio do jardim!

 

 

Adaptação do abrigo

É tempo de finalizar a sala de jogos e hoje todos arregaçam as mangas! Os rapazes, armados com cola, afixam os pósteres à parede: Raoul ÇaRoule, Spider Man… Estão lá todos! Mathilde e Yvan, por seu lado, colocam prateleiras um pouco por todo o lado para instalarem a televisão, a consola, as caixas de jogos das crianças, etc. De resto optaram por estantes moduláveis em largura e altura que se unem entre elas; um sistema ideal com a proximidade do Natal, porque permite acrescentar espaço de arrumação com a maior facilidade! Ao fundo da sala, dois poufs e um super sofá. Os carros ocuparam o seu lugar. Apenas falta o Graal: o jogo de matraquilhos. As crianças e o pai vão buscá-lo a casa. E aí está, o jogo está feito! Um bom trabalho de equipa que bem merece uma boa partida, não é verdade?